Oração final do Filme Quarto de Guerra escrita para você aprender e meditar

Oração final do Filme Quarto de Guerra escrita para você aprender e meditar

a oração é uma arma poderosa
A oração final do filme Quarto de Guerra escrita conta a história de Molly Bruno, uma mulher que inspirou a trama e tem muito a nos ensinar. Em uma entrevista, ela fala sobre o a importância da oração: “É um relacionamento”, e revela que não tem medo da morte.

Acompanhe os trechos da oração final do filme Quarto de Guerra escrita:

“Deus, levante uma geração de fiéis que odeiam ser mornos, e não têm vergonha do evangelho.”

Este pedacinho dos versículos usados no filme quarto de guerra, em que a D. Clara se humilha diante de Deus e ora, nos lembra o versículo:

“E se o Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a Minha face e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.”
(2 Crônicas 7:14)

Veja o poder da oração nesse trecho do filme quarto de guerra.

A oração final do filme quarto de guerra escrita pelas mãos da protagonista

A personagem da D. Clara, foi inspirada em Molly Bruno, uma guerreira da fé, de 96 anos.
Em uma entrevista com Stephen Kendrick, produtor do filme, ela fala sobre a importância de ter uma vida com Deus:

“Bom, a minha conversa com o Senhor é muito importante, porque eu começo o dia depois do meu momento com Ele. Quando você tem Jesus, você tem tudo”, declarou.

Dessa forma, fica bem claro onde podemos ver o poder da oração trecho do filme quarto de guerra.

Quando questionada se tem medo da morte, Molly demonstra sua expectativa para esse dia: “Não! Eu mal posso esperar para ver aquela Bela Face. Se lembra de como eu te abracei esta noite?”, perguntou ela a Stephen, “Esta será a forma que vou abraçar Jesus quando chegar no céu”.

O poder da oração no filme Quarto de Guerra

Molly relata ainda que a oração final do filme quarto de guerra escrita “É um relacionamento. É como conhecer os caminhos que Ele tem para mim todas as manhãs. O que eu faço é adorá-Lo e amá-Lo. Isso é tudo o que eu posso fazer”. “Quando eu vejo uma barreira, penso: ‘Jesus, eu sei que isso vai se resolver, então vá na frente’ e Ele resolve”.

O trecho do filme em que D. Clara sofre uma tentativa de assalto ilustra como é ter essa confiança incondicional em Deus.

Se você ainda não assistiu ao filme Quarto de Guerra, confira no univervideo.com.

Compartilhe frases do filme quarto de guerra

Leve o ensinamento do filme Quarto de Guerra para as suas redes sociais e espalhe palavras de sabedoria a outros casais que estão passando por momentos de dificuldade no relacionamento. Confira abaixo!

  • Compartilhe nas redes sociais:
  • Blog Univer Vídeo - Facebook
  • Blog Univer Vídeo - Twitter
  • Blog Univer Vídeo - Whatsapp

Assine nossa Newsletter e não perca as novidades!