O vestido roxo – Em busca da própria identidade: a jornada de transição e destransição de Walt Heyer

O vestido roxo – Em busca da própria identidade: a jornada de transição e destransição de Walt Heyer

O vestido roxo o próximo lançamento do Univer Vídeo retrata as consequências da redesignação sexual.

Experiências traumáticas da infância levaram Walt Heyer a acreditar que havia nascido no corpo errado e a viver durante 8 anos como uma mulher transexual chamada Laura Jensen. 

Arrependido e completamente transformado, ele compartilha detalhes de sua história e mostra a verdade pouco falada sobre a readequação sexual no documentário exclusivo “O vestido roxo”. Saiba mais sobre o lançamento desta produção original do Univer Vídeo.

A origem do desejo secreto de se transformar em uma mulher – O vestido roxo

Walt era só um garotinho de 4 anos quando tudo começou. Sua avó era costureira e fez um lindo vestido roxo de seda especialmente para ele.

Toda vez que se vestia como menina, a avó o elogiava e isso parecia uma afirmação sobre quem ele realmente deveria ser. Esse foi um segredinho deles durante alguns anos.

 

Walt Heyer e o seu processo de transformação no Univer Vídeo

Quando seus pais descobriram, as visitas não supervisionadas à casa da avó acabaram. Ele pensava que estava seguro. Porém, seu tio ficou sabendo e começou a molestá-lo sexualmente para humilhá-lo ainda mais diante desse conflito que ele tinha sobre sua sexualidade. O abuso durou cerca de 3 anos e fez com que ele não quisesse mais ser homem. 

Vítimas de estupro no Brasil

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, edição 2020, o Brasil registrou um estupro a cada 8 minutos em 2019. O estudo aponta que a maioria dos casos de violência sexual ocorrem no núcleo familiar.

70,5% dos casos foram registrados como estupros de vulnerável. Em 84,1% dos casos, crianças e adolescentes são vitimados por familiares ou pessoas de confiança da família.

Mudanças externas não apagam os traumas de um passado doloroso

Anos mais tarde, Walt Heyer procurou um especialista e foi diagnosticado com disforia de gênero, que é um desconforto persistente com o seu sexo biológico ou um sentimento de inadequação no papel de gênero deste sexo.

Movido pela curiosidade de saber como seria se ele de fato se transformasse em uma mulher, Walt se submeteu ao procedimento de redesignação de sexo e assumiu a identidade de Laura Jensen. 

No lançamento filme “O vestido roxo”, ele conta em detalhes todos os obstáculos que enfrentou durante o período em que viveu como mulher, por que se arrependeu e como foi o processo de destransição.

Consequências da mudança de sexo

Walt Heyer acredita que a mídia não quer ouvir sobre as pessoas que se arrependeram,  por isso, escreveu alguns livros para mostrar o número de arrependidos. 

Em fevereiro deste ano, o ativista pela causa transgênero Scott Newgent demonstrou a preocupação que possui sobre supostas crianças transgênero:

“Não existe criança trans! Você se torna trans com hormônio e cirurgia, é cirurgia plástica. Disforia de gênero é uma doença mental!”, declarou ele no Twitter. “NENHUMA CRIANÇA deve ter permissão para se tornar trans! Para sua informação, a transição médica torna a disforia de gênero pior!”

Em seu artigo, ele conta que foi enganado por ativistas da causa, por médicos e por psicólogos que o induziram a realizar o procedimento cirúrgico, porque nenhum deles relatou os graves problemas de saúde que poderiam ocorrer.

Bibliografia de Walt Heyer

  • Trading my Sorrows (2006);
  • Perfected by Love (2009);
  • Paper Genders (2011);
  • Sex Change — It’s Suicide (2013);
  • A Transgender’s Faith (2015);
  • Kid Dakota and the Secret at Grandma’s House (2015).

Walt Heyer - Transformado no Univer Vídeo

TransFormado

Walt Heyer destransicionou há mais de 25 anos e oferece apoio a outras pessoas que se arrependem da mudança de gênero por meio do site SexChangeRegret.com

Quando as pessoas entram em contato cheias de conflito, ele ajuda a descobrir o que as levou a pensar que precisavam dessa mudança de identidade e a identificar o que aconteceu para que não quisessem ser quem são. Quando conseguem descobrir o motivo, eles começam a trabalhar para restaurar suas vidas.

“Aprendi a verdade: hormônios e cirurgia podem alterar a aparência, mas nada muda o fato imutável do seu sexo.” Walt Heyer

Walt conheceu uma mulher que não se importou com as mudanças em seu corpo e estão casados ​​há mais de 20 anos. 

Conheça todos os detalhes da trajetória de Walt Heyer no documentário exclusivo “O vestido roxo”. Este superlançamento do Univer Vídeo estreia dia 29/05. Não perca!

 

Autor(a): wp_bloguniver

  • Compartilhe nas redes sociais:
  • Blog Univer Vídeo - Facebook
  • Blog Univer Vídeo - Twitter
  • Blog Univer Vídeo - Whatsapp

Assine nossa Newsletter e não perca as novidades!